Instrumentos de Teclas – 5 que Entraram para a História

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Como sabemos, os instrumentos musicais são agrupados em famílias que se caracterizam por meio da forma  de produção do som. São elas: família das cordas, sopros e percussão, todas  com muita diversidade de timbres.

  Já os instrumentos de teclado constituem um caso à parte, eles possuem características muito diferentes entre si mas têm em comum a utilização das teclas como parte do mecanismo. Vamos conhecer os principais instrumentos de teclado e entender suas particularidades.

ORGÃO

A origem do órgão é de cerca de três séculos antes de Cristo e a própria palavra órgão, significa “instrumento”.  Ele é considerado o instrumento musical por excelência, majestoso e imponente, possuidor de todas as notas do sistema musical. Apesar de ter registros de sua utilização muito antes, apenas no século XVI é que foram adicionados os pedais (pedaleira), o teclado duplo e os registros. Antes dessas modificações ele era de pequeno porte e provido de um  fole acionado com as mãos. É um instrumento muito relacionado à música sacra e seu funcionamento é basicamente através dos tubos de metal que recebem o ar produzido por foles.

Ouça: J. S. Bach – Tocata e Fuga em ré menor, BWV 565

CLAVICÓRDIO E CRAVO

Ambos reinaram absolutos até a segunda metade do século XVIII, quando o piano surgiu. São considerados os antepassados do piano moderno e além do timbre a  principal diferença está na forma de como o som é produzido. Vejamos: 

O clavicórdio soava quando  suas cordas eram percutidas por lâminas de latão acopladas ao teclado. O executante tinha a possibilidade de controlar a intensidade dos sons. Já o cravo, também conhecido como clavecino ou clavicêmbalo, soava mais forte que o clavicórdio mais sem a mesma possibilidade de dinâmica, já que as cordas eram pinçadas gerando um som bem característico.

Ouça: 

D. Scarlatti – Sonata em Ré Menor L413 – K9

PIANO

Em meados do século XVIII, um italiano com o nome de Bartolomeo Cristofori criou um instrumento de teclado que se diferenciava de todos os demais. Ele era capaz de produzir sons pianos (suave) e sons fortes e da junção dessas duas palavras surgiu o nome do instrumento: pianoforte.  Através de um complexo mecanismo, o teclado ativa os martelos que percutem as cordas, permitindo assim, ao intérprete, total controle sobre o som produzido. 

O piano moderno possui  88 teclas, em alguns modelos são 85 e podem ser de armário ou de cauda. É um instrumento muito versátil e o mais popular representante da família dos teclados, sendo que ele também pode ser incorporado à família das cordas percutidas, porque é desse modo que sem som é produzido.

Fazer aula de música deixa as crianças mais inteligentes?

Ouça: F. Chopin – Estudo Revolucionário Op 10 nº2

TECLADO

Os teclados eletrônicos podem ser classificados em algumas categorias: sintetizadores, controladores, arranjadores e workstations, cada qual com suas especificidades. Possuem menos teclas e elas são mais leves em comparação ao piano. Eles podem reproduzir o som de qualquer outro instrumento e é indispensável na música pop. O precursor desses instrumentos é o Moog, que teve sua criação na década de 1960, desde então várias foram as mudanças afim de buscar o aperfeiçoamento do instrumento. Atualmente, há uma infinidade de preços e marcas que atendem os mais diversos músicos e estilos, tudo com muita tecnologia e recursos. 

Há ainda outros instrumentos de teclado como o acordeon, a concertina, o bandeneon e a escaleta. Escute, compare e pesquise cada um deles, você verá o quão mágico é esse assunto.

Conheça detalhes sobre estudar piano e teclado

Autora: Sheyla Costa – pianista, professora e compositora

@costapereirasheyla

More to explorer

sim sp

SIM São Paulo – O Que Vai Ter?

Que bom! Mais um ano desse evento super dinâmico que está atraindo muitos olhares para o mercado da música no Brasil. A

curso de canto

Curso de Canto

Motivos para aprender canto Possuir maior segurança para falar em público (nestes casos podemos proporcionar experiências gradativas de interação ao vivo). Cantar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp
Enviar