Curso Violino

curso de violino

A quem se destina

Alunos de todas as idades nos procuram para iniciar os estudos no violino e estamos prontos para dar o suporte completo durante esta trajetória.

Sobre as Aulas de violino

Nossas aulas são semanais/individuais e o professor é um profissional formado e especializado em ensinar as técnicas do violino.

Como escolher o meu violino?

Você pode começar o curso antes mesmo de adquirir o instrumento. Oferecemos uma aula gratuita e durante este encontro o professor irá lhe aconselhar sobre qual instrumento adquirir.

Atualmente existe muitas opções no mercado e com um investimento de menos de mil Reais é possível obter um bom instrumento.

Ter o seu próprio violino será importante para seus estudos em casa. No entanto, a escola possuí um instrumento e você poderá utilizá-lo durante as aulas.

Violino para Crianças

Melhoria de memória e atenção – Um estudo conduzido pela Universidade McMaster concluiu que mesmo apenas com um ano de aulas os impactos positivos na memória, fala e atenção são notáveis.

Violino para adolescentes

Durante a adolescência é importante o jovem obter formas de expressar seus sentimentos. A música certamente possuí condições de sobra para cumprir essa função.

Senso de pertencimento – A nossa escola oferece um ambiente amistoso e saudável. Diversos grupos de amizade se formam durante as praticas musicais em grupo e no espaço de descanso dos alunos que tem além de instrumentos musicais: puffs, videogame e mais o importante, muita gente animada!

Violino para adultos

Redução do stress – Diminuição nos níveis de ansiedade e depressão. Tocar um instrumento musical é uma ótima forma de aliviar o stress e ampliar o circulo social.

Melhora da postura – Ao tocar violino o aluno é orientado quanto a postura corporal. A correção do alinhamento da coluna, a atenção, respiração e os alongamentos indicados auxiliam numa melhor postura como um todo.

Os benefícios da correção postural vão muito além da sala de aula e conferem diminuição de dores musculares.

Saiba Mais Sobre o Curso de Violino

Como Tirar Músicas de Ouvido

como tirar musicas de ouvido

Tirar uma música de ouvido é uma prática entre músicos amadores e profissionais que consiste em conseguir tocar a música sem fazer uso de partitura ou qualquer outro tipo de notação musical.

Na aula de canto popular, além de aprender as técnicas vocais para uma boa sonoridade o aluno aprende de maneira natural a tirar a música de ouvido.

Instrumentistas que gostam de jazz, rock, blues, entre outros estilos musicais, também usam essa prática. Já na música erudita, os músicos utilizam a notação musical como base de seu estudo.

Tirar música de ouvido não é uma pratica simples. Mas aqui estão algumas dicas que iram te ajudar nessa missão.

1- Escolha músicas que você já ouviu muitas vezes.

Quanto mais familiarizado(a) com a música você estiver, mais fácil será conseguir reproduzir o som que você está ouvindo.

2- Comece identificando o movimento das notas.

Após descobrir a primeira nota da música, você precisa entender se a próxima é mais aguda (movimento ascendente) ou mais grave (movimento descendente).

3- Procure músicas que utilizam graus conjuntos

Uma música com graus conjuntos (do – ré – mi – fá) será mais simples do que músicas que utilizam saltos (do – sol – si – ré)

OBS: Tirar músicas de ouvido é como aprender uma língua. Se você não conhece alguma palavra não vai conseguir reproduzi-la, ou se conseguir não entenderá o que está falando. Portanto a partir de agora seguem algumas dicas de conteúdos para melhorar seu vocabulário musical e por consequência ajudar a tirar suas músicas prediletas de ouvido.

4- Estude escalas

As melodias (partes cantadas da música ou solos de algum instrumento) são feitas a partir de uma sequencia de notas que chamamos de escala.

Existem diversas escalas e se você consegue identificar qual delas está sendo utilizada, você passa a ter 7 ou até mesmo 5 opções de notas, ao invés de 12 (quantidade de notas musicais), o que torna sua busca por aquela nota específica mais fácil.

5- Pratique ouvir a nota mais grave do acorde

A nota mais grave do acorde normalmente é tocada pelo contrabaixo. Depois de identifica-la como fundamental de um acorde, resta saber a qualidade do acorde, ou seja, se ele é maior ou menor.

6- Entenda sobre campo harmônico

O campo harmônico é uma sequência de 7 acordes formada a partir da tonalidade da música.

Convenhamos que é muito mais fácil encontrar um acorde entre 7 do que um entre 60 que é a quantidade de acordes maiores, menores, diminutos, meio diminutos e aumentados (isso sem contar as tensões como sétimas, nonas etc). Portanto aprenda os campos harmônicos maiores e menores e seja feliz. RS.

Para Que Serve a Aula de Canto

como cantar melhor

Para Que Serve a Aula de Canto

Se além de melhorar sua voz, se divertir, cantar afinado, sentir a admiração das pessoas e alegrar seus dias você precisa de mais motivos para fazer aulas de canto… Então vamos lá!

Fortalece o sistema imunológico

Uma pesquisa (Universidade de Frankfurt) descobriu um aumento de proteínas que funcionam como antibióticos depois de cantores passarem um tempo ensaiando.

fonte

Cantar é uma atividade física

Das boas!

Os exercícios de respiração fortalecem o diafragma e estimulam a circulação sanguínea.

Isso deve-se ao fato da grande quantidade de oxigênio consumida durante a prática vocal.

Melhora seu sono

Ao fortalecer os músculos da garganta e palato a melhoria do sono será perceptível.

É o que conta esse artigo

Autoestima

Medo de palco é mais comum do que você pensa!

Mas ao enfrentar gradualmente o palco com auxilio de profissionais você se sentirá cada vez mais seguro. A sensação de recompensa e os elogios de amigos e familiares após pequenas apresentações também serão um estímulo que te ajudarão muito na vida social.

Postura saudável

As técnicas do canto exigem uma correção postural. O alinhamento da coluna e cabeça serão fundamentais para a projeção sonora. Quando essa postura tornar-se um habito, até sua forma de andar irá mudar para melhor.

Sensibilidade e percepção

Música é arte. Ao desenvolver sua percepção auditiva e artística outros sentidos também serão estimulados. É comum que até músicas que você ouve a anos passem a ser entendidas de forma diferente.

E aí quer descobrir um mundo novo?

Como Melhorar Composições

como compor melhor

Como Melhorar Composições

A frequência de criação melhora a performance! Por isso é ótimo manter-se constantemente criando. Isso não quer dizer que você tenha que escrever uma sinfonia a cada semana.

Agora, se você ainda não tem clientes, não foi convidado para desenvolver uma trilha ou um jingle, como começar?

Composições curtas são uma ótima opção! Melhor ainda se ela for para o ar, ou seja, esteja online para outras pessoas.

Se você não sabe por onde começar, aqui vão duas ideias que podem te ajudar.

1. Vinheta para vídeos de Youtube

Se você não tiver um canal no Youtube, certamente conhece alguém que tenha. Uma parceria vai bem, você pode criar uma trilha curta para a abertura dos vídeos do seu amigo. Não esqueça de pedir para inserir seus créditos no final do vídeo.

2. Vídeos empresariais

Hoje em dia microempreendedores de todo o mundo são quase obrigados a produzir vídeos. Podem ser vídeos institucionais, vídeos de produtos, de processos ou de treinamento.

Se você não conhece alguém que tenha uma microempresa para perguntar se pode participar de forma colaborativa da trilha, experimente perguntar no Facebook se alguém precisa.

Na maioria das vezes ao fazer estes tipos de vídeos são buscadas trilhas brancas. Estas são músicas sem direitos autorais, você encontra uma imensidão deste tipo de trilha gratuitamente na internet. Mas, usar trilhas brancas é como usar banco de imagens. Quem está assistindo percebe que não é original. Aquela não é a imagem da empresa. Aquela música não faz parte daquele vídeo. E é aí que você entra!

Processo de composição na Usina Música

Se sua curiosidade foi instigada, agora vou contar um case particular: Como na prática desenvolvemos o assunto de composição na Usina Música.

É muito comum que músicos gostem de criar, compor e gravar.

Desde o início das atividades da Usina em 2003, sempre tentei conciliar as atividades da empresa entre: cursos de música, eventos e gravação.

No início gravávamos bandas e muito raramente compúnhamos uma trilha musical para algum evento.

Com o passar do tempo foram chegando clientes e mais clientes com projetos maiores. Apesar de os processos sofrerem muitas alterações, uma coisa foi comum, sempre trabalhei por projetos. Montando equipes de acordo com o tempo, complexidade e orçamento que estavam disponíveis.

Hoje em dia a Usina Música conta com alguns professores e muitos deles adoram esse universo de composição.

Além de dar aulas, cada profissional desenvolve seus projetos particulares, em seus home studios.

Eu, por exemplo colaboro com áudios e trilhas para um grande amigo, Renato Machado, que é chargista e desenvolve charges animadas.

Esses trabalhos para as charges são rápidos e envolvem muito mais um alinhamento conceitual do que técnicas rebuscadas de composição. Como são informações pontuais que precisam ser entendidas, optamos sempre por pouca informação sonora.

Confira uma Charge Animada

Confira um trabalho de composição de trilha que realizamos para a Volvo Construction Equipaments

Isso aí! Quem curte criar música não consegue parar. E é muito frustrante não ter a sua obra atingindo outras pessoas. Espero que essas dicas e o relato do case tenham de alguma forma te dado uma luz, para que você também possa expor sua criação.

Veja nosso artigo com dicas para você começar a compor

Como Compor Uma Música

como compor musica

Como Compor Uma Música

O senso comum projeta a imagem de um compositor como alguém que nasceu com incríveis habilidades e por conta disso pode sair criando ótimas obras artísticas. Na vida real, não é assim que funciona!

Está mais do que comprovado que mesmo compositores brilhantes como Mozart, eram completamente dedicados. Gastavam milhares de horas estudando e criando entre processos árduos e frustrantes.

Como em qualquer outra atividade de criação, quanto mais dedicação e conhecimento maiores serão as habilidades do compositor.

Não à toa existem métodos, cursos, e até faculdades dedicados a instrução deste ofício.

Confira dicas simples para você conseguir focar e produzir:

1. Objetivo

Tenha claro o objetivo da música. Se você não está apenas compondo para você é importante saber qual propósito a obra deve atingir. Se for um pedido ou uma encomenda de outra pessoa, nada melhor do que conhecer as expectativas da pessoa. Peça referências e tente não fugir destas referências.

2. Instrumentação

Seja prático! Quais instrumentos podem ser utilizados na obra? Você vai tocar com amigos? Quais instrumentos esses amigos de fato sabem tocar? Na hora de começar a compor é uma ótima ideia ter em mente quais instrumentistas irão executar a música ao vivo ou em uma gravação, além de conhecer as habilidades de cada instrumentista.

Imagine que você quer criar um solo e grava este solo no teclado, mas na realidade quem vai executá-lo é um guitarrista. Será bom saber se esse guitarrista tem a competência necessária, certo?!

3. Estrutura

Quanto tempo a música poderá durar? Qual será a velocidade (andamento)? Será alegre (tonalidade Maior) Triste ou melancólica (Tonalidade Menor)?

Crie um mapa coerente para te ajudar, indicando se terá verso, refrão, pontes e em quais momentos.

4. Escolha da Harmonia

Existem divergências quanto ao iniciar uma composição pela harmonia (acordes) ou melodia (frases melódicas). No entanto observando alunos em fase de criação sugiro que o início seja pela harmonia. Escolha os acordes que julgar adequados para cada parte da composição. Em seguida tente gravar (no celular mesmo). A partir daí você poderá começar a arriscar melodias.

5. Grave tudo

Ouça e readéque o que considerar necessário. Mostre para amigos, peça opiniões e vá realizando alterações. Temos o costume de querer uma obra acabada rapidamente, mas até renomados compositores fazem e refazem seus trabalhos, então trate de caprichar e trabalhar na sua obra até que realmente entenda que não há mais nada para ser melhorado!

5 BENEFÍCIOS DA MÚSICA NA SUA VIDA

beneficios da musica

5 BENEFÍCIOS DA MÚSICA NA SUA VIDA

Vivemos na era do stress. As pressões causadas por tantas obrigações em um cotidiano corrido afetam nosso sistema nervoso e são inúmeros os estudos que apontam os malefícios ao nosso corpo e mente.

Em meio a diversos estudos e técnicas para combater os problemas do stress, cada vez mais as pessoas descobrem em uma atividade simples, maneiras de manterem-se calmas, focadas e mais felizes. Escutar música! Confira as vantagens e benefícios da música em nosso cotidiano.

1 Se Livrar do Stress

Quando as pessoas estão muito estressadas, no momento agudo de um descontrole emocional gerado por algum problema, colocar uma música no computador ou no smartphone pode parecer uma perda de tempo que não resolverá nada. Mas como sabemos o stress afeta a produtividade e o foco. Com o estado emocional descontrolado e mente enfraquecida, enxergar com clareza e tomar decisões tornam-se tarefas quase impossíveis.

A dica de ouro é, deixe uma música que te alegre e que te faça lembrar de bons momentos preparada e no próximo ataque de fúria de o play no som.

A música fará o seu cérebro liberar dopamina imediatamente, causando-lhe alegria e motivação. Aos poucos o stress irá diminuindo e ficará muito mais fácil você encontrar soluções para o seu problema. (Descoberta publicada na Revista Nature Neuroscience)

Dica: O App Spotify permite a criação de playlists, ótima ferramenta para você usar nestes momentos.

2 Música Para Relaxar – Cantar Ajuda

Se você quiser ampliar os efeitos benéficos da música, tente cantar.

Cantar ou mesmo cantarolar uma música que te cause boas emoções é a melhor maneira de mudar as vibrações dos seus pensamentos. Cante em casa, cante no carro, no chuveiro, na calçada enquanto caminha. Não se preocupe se parecer desafinado, apenas aproveite o momento e entregue-se. Depois de poucos minutos você sentirá a diferença no seu estado de humor.

Se você é um fã de karaokê baixe o App Sing! e divirta-se ainda mais.

Quer saber para o que ser as aulas de canto? Clique Aqui.

3 Melhorar a Disposição – Música Para Malhar

Se você possui uma rotina de atividades físicas, tente combiná-la com o ato de ouvir música. É importante escolher músicas que incentivem a atividade. A trilha para uma caminhada matinal pode ser bem diferente da trilha para puxar pesos na academia. A velocidade da música, os instrumentos no arranjo e outros fatores da composição serão determinantes para o tipo de emoção gerada.

4 Música Para Focar

O silêncio ou os ruídos em nosso espaço de trabalho podem ser terrivelmente desestimulantes. Quem nunca se sentiu terrível em uma agência bancária, sem música, sem vida.

Às vezes a regra de etiqueta coíbe um fone de ouvido no horário de expediente. Mas mesmo se as pessoas ao seu redor não estão escutando nada além ruídos chatos, não custa tentar. Muitas vezes em um ambiente corporativo depois que uma pessoa começa a ouvir música aos poucos os outros vão aderindo. Quando você e seus colegas estiveram trabalhando e curtindo música, ah!!! vocês se sentirão em um outro universo e o grande chefe irá adorar os resultados. Se não for possível ouvir música durante todo expediente, experimente depois de uma hora de trabalho árduo fazer uma pausa de um minuto para ouvir um pedacinho daquela música que você adora, com aquele piano ou violão bem tranquilizante. Isso te deixará renovado!

5 Deixar a Vida mais Divertida

Se você já reconhece as maravilhas da música na sua vida e pretende elevar a experiência, procure uma atividade de prática musical que te agrade.

Você não precisa iniciar imediatamente aulas. Você pode tentar fazer parte de um grupo de percussão, um coral de amadores, ou ser backing vocal da banda de amigos que levam a música por hobby. Frequente alguns encontros e veja como se sente. Talvez a primeira e segunda vez sejam estranhas e lhe causem vergonha, mas na hora que o som rolar vai ser difícil você não se encantar e querer fazer parte desse mundo musical.

Se a atividade agradar, você pode procurar uma escola de música e iniciar um novo caminho em sua jornada.

Aprender Música Desenvolve Tipos Diferentes de Conhecimentos

ESTUDAR BATERIA SEM TER BATERIA – É POSSÍVEL

bateria eletronica vs acustiva

ESTUDAR BATERIA SEM TER BATERIA – É POSSÍVEL

Barulhenta e grande demais para casa. Essas constatações são verdadeiras e estão presentes nas argumentações daqueles que gostariam de aprender a tocar bateria mas acabam optando por outros instrumentos por conta da praticidade.

Esse artigo apresenta algumas soluções práticas para que você não desista do seu sonho, e, mesmo morando em um apartamento pequeno e com vizinhos nada amigáveis, possa curtir a arte de tocar nos tambores.

Quando não é possível ter uma bateria acústica, o interessante é a mistura de práticas utilizando os recursos possíveis.

Durante a aula de bateria o ideal é que o aluno utilize uma bateria acústica, para relacionar-se com os timbres e desenvolver simultaneamente sua percepção musical.

Ou seja, uma vez por semana o estudante estará com a “vivência completa” do instrumento. Entretanto, uma aula de 50 ou 60 minutos por semana pode ser pouco, e é neste momento que entram nossas dicas.

PAD

A borracha presa em uma madeira é uma alternativa fácil e barata para o estudo de rudimentos. A maioria das lojas de instrumentos tem à disposição. Pequeno e com pouca projeção sonora, o Pad poderá ser utilizado (somado a um par de baquetas) para diversos estudos, além de criar resistência e fortalecer a musculatura.

Existem opções que vão desde uma peça até várias, dispostas como em uma bateria acústica. Ao incluir o pedal de bumbo torna-se possível o estudo da interdependência dos membros.

BATERIA ELETRÔNICA

Além do pad outra alternativa que soluciona o problema de ruído é a bateria eletrônica Existem diversas opções em termos de valores. Os instrumentos que oferecem uma maior realidade em termos de resposta ao toque das baquetas e timbres acabam tendo valor bem elevado.

Mas se couber no seu bolso e no seu quarto, certamente será bem-vinda e útil para você estudar, gravar e até mesmo usar em algumas situações ao vivo.

O ESTÚDIO ALI PERTO DE CASA

Se você mora em uma cidade grande como São Paulo, por exemplo, é bem provável que tenha um estúdio de ensaio bem perto da sua casa.

Uma realidade neste tipo de negócio é que o horário de procura é super pontual, uma vez que os integrantes de bandas precisam de horário comum para ensaio. Como resultado, os estúdios têm muita procura após as sete da noite e finais de semana ficando geralmente vazios nos outros horários.

Se você fizer uma visita a um estúdio e propor um plano de aluguel semanal, poderá ter encontrado uma solução ótima de de baixo custo!

A BATERIA DA ESCOLA

Geralmente as escolas de música, assim como os estúdios também apresentam horários de pico e de baixa procura.

Se você conversar na sua escola poderá encontrar horários em que a sala de bateria estará disponível para você e seus estudos.

Na Usina Música oferecemos os horários disponíveis das salas para nossos alunos poderem praticar.

Espero que tenha percebido que mesmo sem ter uma bateria é possível aprender a tocar.

Bons estudos!

Saiba Mais Sobre o Curso de Bateria